terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cientologia: Comedores de placenta!


"Setenta e cinco milhões de anos atrás, o Universo estava superlotado. Para resolver o problema, o imperador galático Xenu decidiu apelar para o genocídio. Fez trilhões de prisioneiros, trouxe-os até a Terra em naves espaciais e jogou bombas atômicas para acabar com todo mundo. Só que as almas desses seres, chamados thetans, ficaram vagando por aqui até encarnar nos primeiros Homo sapiens. E esse é o motivo de todos os conflitos e angústias da humanidade. Parece um roteiro de filme B, mas é o fundamento de uma religião: a cientologia, que ficou famosa nos EUA como “seita das celebridades”.

Tem gente até que defende a idéia de que comer um pedacinho dela depois do parto faz bem para a mãe e o bebê. Acredite ou não, uma coisa ninguém pode negar: ela é poderosa mesmo!
Tom Cruise causou um escândalo quando declarou que pretendia comer a placenta de sua mulher logo após o parto de sua filha. Mas a verdade é que esse ato não é tão incomum assim. Há quem concorde e quem discorde, claro. O que ninguém discute é a importância desse órgão tão especial que nutre a vida durante os nove meses da gestação.

Fora do mundo das celebridades, a designer carioca Gilda Midani provoca rebuliço quando conta suas experiências pós-parto. É que ela comeu parte de sua placenta quando nasceu seu primeiro filho, João Vicente, hoje com 23 anos, e fez o mesmo quando deu à luz a Ana, de 15. A idéia pode parecer estranha, mas a placentofagia (ato de comer a placenta depois do parto) é algo extremamente comum entre as fêmeas do mundo animal (vegetarianas ou não) e também é uma tradição que sobrevive entre algumas mulheres de diferentes países pelo mundo.

A explicação para isso é simples: acredita-se que a placenta tenha algumas substâncias, como opióides naturais, que poderiam dar uma sensação de bem-estar pós-parto e estimular a produção de leite. No entanto, a maior parte dos médicos afirma que é pouco provável que essa sensação seja melhor do que comer um bom filé de carne bovina, uma vez que a maioria das substâncias seriam destruídas no preparo ou na digestão da placenta como alimento.

"Eu acho isso nojento!"




Nosso Blog esta concorrendo ao
"Top Blog", seu voto é muito importante para nosso Blog!
Não demora, vota rapidinho, te amamos Mr.Fan!


Artigos Relacionados

2 comentários:

James Rocha disse...

Cara que coisa nojenta, pode ser tradição para alguns, mas ainda assim acho muito nojento, principalmente quem ver a placenta na hora do parto, eca velho, ECA!

18 de agosto de 2010 02:39
Mêlanie Albuquerque disse...

Que nojo

http://www.trabalhoestudonoexterior.com.br/

18 de agosto de 2010 17:08